sábado, 19 de maio de 2007

É bom ser mau...

E porque o bem e o mal são subjectivos não estarei propriamente a falar dos conceitos de bem e de mal dissecados na bíblia.
O mal e o bem terão que ser vistos como duas faces de uma única moeda.Porque um não vive sem o outro e não existem em separado portanto,um gera o outro e vice-versa.
O bem é algo de mais imediato,porque imediatamente se podem tiram as conclusões se este ou aquele acto é de facto benigno.O mal por conseguinte é diferente,o mal é o bem,mas é um bem a longo prazo,é um bem não óbvio,um bem praticado por pessoas com visão.
Concluindo:o mal gera mais bem que o próprio bem portanto façam mal,errem,sejam os criadores do bem;)

2 comentários:

Anônimo disse...

Este post tem assim um quê de padre católico dos anos 50, numa qualquer igreja aí da tua terra....
sofram meus filhos que no sofrimento está a salvação....
às vezes penso que andas a perder o teu tempo.....já pensaste num seminário.....fazes as tuas necessidades fisiológicas no jardim, e lavas-te qd chover pronto, não precisas de entrar nas casas de banho....
mas...que és um pastor que se está a perder, ai isso és...
Carmo

R.I.P.per disse...

Serei o primeiro padre a propagar os ensinamentos do mal :|