quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

O causador de tamanha dor...

"Então mas como sabes isso?"
"É bruxo o meu homem,não sabias Marisa?"Sorrindo.
"É simples!Tens que ir ao..."Parou subitamente.
"Ao fundo da questão mor,tens q ir ao fundo da questão,como fazes sempre aliás!"Sorrindo maliciosamente.
"Não era essa a palavra,FODA-SE!"
"Calma João!Âmago?"
"Âmago,sim âmago porra!EU SOU ESCRITOR MERDA!"E num salto João levanta-se do sofá,seguindo recto para o quarto.
"Ele definitivamente tem que parar para respirar,não achas que tá a perder o control?Tás aqui tás a visitar o teu marido na ala psiquiátrica Sofia!"Sorri levemente.
"Mas eu já o avisei!Ele diz que o ajuda a aglomerar as ideias aleatórias num composto encefaló-maciço!!!"Sorri com descrença."O que eu acho é que..."
O som ensurdessedor de um disparo abate-se sobre a minúscula sala.Confusas e incrédulas as duas amigas olham em simultaneo para a porta do quarto.A cabeça de João jazia entre a fresta da porta!Tinha um enorme buraco que esfumava esperança com uma avidez absurda.
"JOÃO,JOÃO.Que fizes-te João,que foste fazer,Joãããããoooo???."
Marisa especada,parece não querer acreditar no que acabou de presenciar!
"Oh meu Deus,oh meu Deus o que foste fazer!O que se passa meu Deus,o que se passa aqui.Sofia o telefone,temos que...SOFIAAAAAAA!"
O pandemónio não anunciado instala-se dentro daquelas paredes sem escape possivel.
"Ele tá morto Marisa,morto!Por causa duma palavra cabrão?Por causa de uma palavra?Uma palavra?Uma simples palavra ESTUPIDO."Batendo desorientada e histérica no corpo hirto."Que fizes-te tu cabrão,levanta-te FODA-SE,nunca mais...e agora?!!!"Sofia beija-lhe os lábios secos,lavados em sangue,e olha-lhe bem fundo para a retina translúcida,mas esta já não reflétia a realidade dos vivos!
"Marisa vai à rua pedir ajuda,despacha-te"
No preciso momento em que Marisa abre a porta da rua...ouve-se novo estrondo.Agora livre,pode viajar pelo mundo arrancando a paz a tudo e todos.


Conto ficcional!Isto de facto não acontece no mundo real!Ignora à partida uma realidade que desconheces!!!

2 comentários:

carmo disse...

Muito bem escrito!!
Gostei bem deste texto!

Anônimo disse...

Caramba, eu não gostei!! I'm I wrong??? Já não era a primeira vez...
De qualquer das formas e analisando o conteudo, o João foi mesmo muito estupido e a Sofia mais estupida ainda por se ter suicidado por causa de um estupido como ele!!
Eu gostei muito da descrição... mas e um motivo?? Faltava-lhe um motivo para o suicidio...

Lempicka