quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Freeport...


É bonito ver a justiça vir a terreiro branquear o caso.

"Os cidadão são todos iguais mas uns representam-nos,por isso esses não podem estar sob suspeita durante muito tempo."
Citando Cândida de Almeida,procuradora-geral adjunta.
Este discurso da senhora procuradora remete-me para a celebre frase do romance alegórico de George Orwell: "Os animais são todos iguais mas alguns são mais iguais que outros."

Tudo isto mais não é,portanto,que uma feira mediática que afunda o proletariado na sua eterna resignação enquanto a Imprensa faz o Circus,alimenta-se do corpus até ao osso e parte em busca de nova vítima.Até porque é notória a manipulação por parte do aparelho de Estado.

Resta esperar para constatar mais este anti-clímax judicial e media(tico).

6 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Eu acredito... aliás, eu tenho a certeza que todos fazem malabarismos destes... uns são apanhados e outros não. That's all.

Muito sinceramente (mas mesmo muito), este género de coisas já não me espanta...

Quando vejo as noticias já só penso para mim:"Eiiiiiina... ganda cena... ah ah ah!" e volto à minha vidinha.

R.I.P.per disse...

exacto Ginger
infelizmente a inoperância é tanta q já ninguem liga e o sistema conta c a nossa inercia

Pi disse...

Vi laivos de MEC aqui no teu "artigo", aquele MEC culto e inteligente, jornalista, cronista, comentador... Vi esboços de genialidade nas comparaçoes, e brota de cada palavra reflexos de inteligencia, perspicácia, e sentido crítico... =)

Subscrevo tudo o que disseste! Numa frase disseste tudo ;)

VERGONHOSO!!!

Tinhamos escritor, agora já temos laivos de jornalista/cronista?!?!

Brown Eyes disse...

Temos um verdadeiro artista na arte de compor, com uma habilidade eloquente. Espero que este país te dê o valor que mereces, nem sempre acontece. Veja-se o exemplo de Saramago.
Agora vou falar do artista a que te referes neste texto. Esse é-o na forma como acredita nas suas fantasias. Comparo-o a um dirigente de uma seita, um guru, que consegue fazer parar o pensamento dos seus seguidores, que ficam como que hipnotizados. Quando se desconcentra manda os seus seguidores mais directos adormecer o Zé Povinho.

Brown Eyes disse...

You are the best.

Paulo disse...

Ou, então, remete-nos para uma frase célebre da autoria do meu patrão (aka "mula"):
Isto é uma Democracia, mas quem manda aqui sou eu (*)


(*) ler com pronúncia alentejana sff